Existem algumas diferenças entre um designer e um ilustrador. Enquanto o primeiro atua no desenvolvimento de projetos de identidade visual a partir de desenhos e criação de conceitos, o segundo ilustra, vetoriza, diagrama e trata imagens, atuando principalmente com desenho manual. Porém, há outro profissional que junta essas duas profissões: o ilustrador designer.

Para atuar como designer não é obrigatório saber desenhar, mas para ser um ilustrador essa é a principal característica. Já o especialista ilustrador designer é aquele profissional que, além de trabalhar como designer, também faz ilustrações.

Gráfica Cores separou 10 dicas para você se tornar um ilustrador designer, desenvolver a sua criatividade e aumentar ainda mais suas vendas! Olha só:

 

1. Faça uma faculdade de Design

Para fazer boas ilustrações você precisa ser um especialista em cores, formatos, técnicas de criação de projetos gráficos, comunicação visual e concepção artística de objetos. Tudo isso se aprende na faculdade de Design.

Saber desenhar, sem dúvidas, é fundamental para um ilustrador designer e com a faculdade você pode comprovar, por meio do diploma, que estudou e tem autoridade nessa área, além de poder entregar ao cliente um trabalho muito melhor.

2. Especialize-se em programas gráficos

Todo designer precisa dominar os principais programas gráficos do mercado. Alguns são melhores com o Photoshop, outros com o Illustrator ou Corel Draw, mas o importante é conhecer o que cada software é capaz de fazer para poder aplicar no seu dia a dia de acordo com a necessidade ou demanda.

Seja um especialista nesses programas. Faça cursos de boa qualidade, vire e revire todas as funções e pratique MUITO!

3. Estude sempre

Em praticamente todas as profissões, os estudos sempre vão fazer parte da sua rotina. Na profissão de ilustrador designer não é diferente: você precisa ser especialista no assunto, e para isso é fundamental incorporar hábitos de estudos no seu dia a dia.

Em vez de estudar somente as áreas de Design e Ilustração, invista também em outros assuntos que de alguma forma possam agregar na sua carreira, tais como: artes, pintura, escultura, fotografia ou qualquer outro que você achar interessante e importante.

Leia: A Fotografia, o Cinema e as Artes Visuais

4. Seja um bom observador

Um ilustrador designer precisa estar sempre atento a paisagens, natureza, lugares, pessoas, etc. Em outras palavras, você precisa ser um observador atento! Para isso, crie o hábito de prestar mais atenção nos detalhes e invista em desenvolver concentração. Examinando cuidadosamente tudo em sua volta, certamente você vai criar artes muito mais ricas em detalhes.

5. Pratique a ilustração

Como dizia Aristóteles, “é fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer”. Então, para ser um bom ilustrador, é preciso desenhar, e muito! Pratique a ilustração sempre que puder, de preferência todos os dias. Organize sua rotina para que, além de fazer os trabalhos, você possa também desenhar livremente, sem compromisso, para desenvolver mais e mais sua criatividade.

6. Decida o tipo de profissional que quer se tornar

Conhecer todas as áreas do seu segmento é fundamental para saber no que deve se especializar. Muitos são os tipos de ilustração que podem ser feitos. Há, por exemplo, a ilustração publicitária, que é voltada para o layout de anúncios, logotipos, storyboard, etc. Assim como também há a ilustração jornalística, que é voltada para charges informativas e histórias em quadrinhos. E também a ilustração científica, que auxilia nos estudos de botânica, biologia, anatomia, entre outros. Foque em um segmento e se especialize nele!

7. Tenha um estilo pessoal

No mundo competitivo em que estamos, o ilustrador precisa ter um diferencial. Por isso é preciso desenvolver um “algo a mais”, ou seja, um diferencial que o torne único.

Perceba como muitos ilustradores têm se destacado por criarem algo novo, como a brasileira Marina Papi, que faz desenhos misturando as paisagens do Rio de Janeiro a ilustrações feitas à mão, na qual os personagens e animais interagem de uma forma mágica com os moradores e com a cidade.  Todas as obras são criadas com um estilo único, o que confere maior valor agregado àquele trabalho.

8. Construa um portfólio

Seu portfólio define o tipo de profissional que você é! Por isso é preciso ter muito cuidado ao montá-lo. Selecione os trabalhos que mais definem seu estilo pessoal. Não é preciso ter páginas e páginas de materiais, mas sim selecionar aquilo de melhor que resume seu trabalho.

Na apresentação aos clientes, portfólios impressos são muito bem-vindos, mas não esqueça de que um site é uma forma barata e eficaz de divulgação. Há também opções alternativas, como o Behance, que funciona como um tipo de LinkedIn para profissionais do meio criativo. Lá é possível criar um perfil sem custo nenhum e começar a divulgar seus trabalhos.

9. Trabalhe como ilustrador freelancer

Toda experiência que tiver na área de ilustração será bem-vinda, por isso, uma boa dica é começar atuando como freelancer, para ganhar mais bagagem e conseguir mostrar o seu trabalho.

O trabalho freelancer pode ser em paralelo com um emprego com carteira assinada ou apenas autônomo. O importante é conseguir clientes, divulgando as ilustrações e variando os tipos de serviços e, com eles, explorar ainda mais a sua criatividade.

10. Invista em marketing e vendas

O portfólio é um item essencial para divulgar os desenhos, mas para ir além e popularizar seu trabalho, você precisa ter uma estratégia de marketing. Enquanto há profissionais excelentes que não sabem vender, há profissionais com um trabalho beirando o amadorismo que vendem muito. Tudo isso está relacionado à habilidade de fazer com que seu negócio seja conhecido, tenha valor para seu público-alvo e gere retorno. Então, em paralelo aos estudos específicos nas áreas de Ilustração e Design, invista nos estudos de Marketing e Vendas!

Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário! 🙂

 

10 passos para você se tornar um ilustrador designer
4.4 (87.5%) 8 votes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Andressa Sthefany disse:

    muito obrigada! isso me ajudou muito, eu estou no meu ultimo ano do ensino medio e quero trabalhar com algo referente ao desenho. Esse blog me ajudou a abrir os olhos, estou realmente agradecida.

    • Gráfica Cores disse:

      Oi Andressa! Que bom que gostou! Agradecemos pelo comentário!

      Qualquer coisa estamos a disposição para você!

  • abner gabriel disse:

    uau muito bom a dicas isso vai sevir sim gostei muito vai ajudar futuramente e tirou minhas duvidas

  • João Tiago disse:

    Estou na profissão de designer a muito tempo e ainda sinto que preciso evoluir e sair do amadorismo, aqui no escritório vendo tudo passar tão rápido, essa matéria veio e abriu meus olhos pra mudança que preciso fazer. Muito boa as dicas, fico agradecido!

    • Gráfica Cores disse:

      Ficamos muito felizes em poder te ajudar! Agradecemos pelo seu feedback!

      Qualquer dúvida estamos a disposição! ☺